As nossas atividades

Ciência em prol de uma bioeconomia baseada na floresta de eucalipto.

Os serviços e consultoria especializados prestados pela equipa do RAIZ, representam o compromisso do Instituto em produzir conhecimento de excelência com o objetivo de promover o aumento da competitividade e produtividade da fileira silvo-industrial.

 

Investigação e Consultoria Florestal

A área de I&D e Consultoria Florestal do RAIZ desenvolve conhecimento científico e tecnologias state of the art aplicadas à genética e silvicultura do eucalipto.
A aposta desta equipa na inovação está no uso eficiente de recursos e na procura de uma gestão florestal sustentável.

O objetivo do melhoramento genético é disponibilizar aos Viveiros da The Navigator Company materiais genéticos de eucalipto (clones e sementes) mais produtivos, adequados para a produção de pasta e papel e, adaptados às variadas condições de solo, clima e pragas do País. Investigação Florestal.

Os clones selecionados são integrados numa recomendação clonal que inclui informação sobre o seu desempenho e alocação preferencial nas distintas regiões do país.

Na biotecnologia são aplicadas ferramentas moleculares para apoiar o desenvolvimento de materiais genéticos de eucalipto melhorados (clones e semente), através:

  • da implementação de protocolos de controlo de qualidade em termos de identidade clonal e testes de paternidade,
  • da produção de estimativas de diversidade genética, e
  • da identificação de proveniências naturais de eucalipto interessantes.

Esta área procura também novas técnicas que possam ajudar a contornar limitações atuais na propagação de clones melhorados, por exemplo através de micropropagação e mini-estacaria.

Procurando potenciar a produção operacional de plantas clonais e seminais, o RAIZ desenvolve:

  • o estudo do impacto da nutrição e rejuvenescimento (in vitro) no sucesso da propagação vegetativa;
  • a avaliação do potencial do uso de protocolos inovadores de propagação (como a mini-estacaria e biorreatores) como técnicas complementares.

Esta área investiga também o conhecimento recente sobre a floração de eucalipto e estratégias de produção de semente, de forma a estabelecer recomendações de gestão do pomar de produção de semente melhorada.

Com o foco no uso eficiente de recursos, na ótica de uma gestão florestal responsável, o RAIZ desenvolve técnicas que fomentam a produtividade, considerando:

  • As condições naturais existentes em cada local (estação ou site), traduzidas fundamentalmente pelo clima e qualidade do solo existentes em cada caso;
  • A adoção de um conjunto de boas práticas silvícolas:
    • adequada alocação de material genético,
    • preparação do terreno,
    • mobilização do solo,
    • controlo da vegetação espontânea e fertilização mineral/orgânica,
    • monitorização e controlo integrado de pragas, doenças e plantas invasoras.

Nesta área de atividade procura-se minimizar impacto e os danos de pragas nas plantações de eucalipto. Desenvolvem-se, por isso, ferramentas de monitorização de riscos bióticos das plantações florestais e de métodos de controlo integrado de pragas, doenças e plantas invasoras (pragas em sentido lato), fundamentais para a manutenção da saúde e vitalidade da floresta.

São privilegiadas sempre estratégias de proteção integradas, que compreendem os métodos de resistência ou tolerância genética, a luta biológica, a luta biotécnica e, como último recurso, a luta química dirigida. A luta biológica tem vindo a ser uma aposta do RAIZ, através da investigação de novos organismos com potencial de serem aplicados como agentes de controlo biológico.

Floresta e ambiente são temas inseparáveis, uma vez que as florestas naturais e, frequentemente, as plantações florestais fazem parte da paisagem rural, sendo mesmo um requisito básico para o equilíbrio ecológico e a regularização de serviços ecossistémicos.

Neste sentido, faz parte da missão do RAIZ gerar conhecimentos e desenvolver tecnologias de produção florestal que privilegiam o uso racional dos recursos naturais, a valorização dos serviços ecossistémicos e a preservação do ambiente. Estes aspetos são considerados de forma transversal nos projetos de I&D florestal.

A consultoria florestal tem como objetivos:

  • desenvolver ferramentas de apoio à gestão florestal;
  • fornecer suporte técnico à área operacional da companhia e,
  • formar e divulgar boas práticas silvícolas de cultivo de eucalipto ao setor florestal em geral.

Uma das principais ferramentas desenvolvidas para a Companhia foi a definição de critérios de aptidão florestal para o cultivo de eucalipto, considerando as características de solo e clima, topografia e riscos bióticos e abióticos. Para cada site (ou local) é estabelecida uma produtividade potencial para o eucalipto.

 

 

 

Investigação e Consultoria Tecnológica

A área de I&D e Consultoria Tecnológica do RAIZ desenvolve conhecimento científico, e tecnologias state of the art aplicadas a toda a cadeia de valor da indústria de pasta e papel, madeiras e matérias-primas, produção de pasta, papel de impressão-escrita e papel tissue.

São também desenvolvidas novas aplicações para sub-produtos industriais no contexto da economia circular, e áreas emergentes como biorrefinaria e bioprodutos.

O uso eficiente dos recursos, a preservação do ambiente e a sustentabilidade da cadeia de valor, são temas transversais e fulcrais da atividade da área de investigação e consultoria tecnológica.

O RAIZ possui competências e conhecimento bem estabelecido na caracterização e avaliação tecnológica (química, morfologia) de madeiras e materiais florestais na perspetiva da sua aplicação como matéria-prima para pasta celulósica ou energia, mas também para novas aplicações, nomeadamente no contexto de biorrefinaria.

O RAIZ desenvolve atividades no domínio da otimização dos processos de cozimento e de branqueamento, tratamento de efluentes e valorização de resíduos resultantes da produção de pasta para papel, numa perspetiva de economia circular.

Paralelamente aos processos convencionais de produção de pasta são desenvolvidos, em cooperação com parceiros académicos e de I&D, novos processos de desconstrução da biomassa no contexto das biorrefinarias florestais do futuro.

O produto pasta é objeto de investigação, tanto na perspetiva da sua aptidão papeleira (papéis de impressão-escrita e tissue) como noutros domínios de aplicação, nomeadamente no setor dos papéis decorativos.

São igualmente investigadas e desenvolvidas novas aplicações para a pasta, utilizando a fibra como reforço em biocompósitos termoplásticos ou fracionando os seus componentes em celulose (micro e nanofibrilada) e hemiceluloses e procurando novas aplicações para estes materiais/produtos.

O RAIZ desenvolve conhecimento de base para a compreensão e melhoria do processo de produção de papel e das propriedades funcionais e diferenciação do papel de impressão-escrita e tissue.

Nesta ação são estudados os processos de refinação da pasta, de interação dos diferentes componentes na parte húmida do processo (“wet end chemistry”) e de tratamento superficial e “converting” do papel final. São igualmente investigadas e desenvolvidas com parceiros académicos, novas aplicações para o papel nomeadamente na área da eletrónica flexível.

O Raiz está envolvido na implementação do conceito de biorrefinaria na indústria de pasta e papel, contando com a sua rede de parceiros académicos e de I&D.

As áreas de atividade cobrem os processos de fracionamento, conversão (via química, termoquímica e biológica) e separação dos componentes da biomassa. Os produtos com maior foco cobrem compostos bioativos a partir da casca e madeira, novos materiais e bioprodutos derivados da celulose, hemiceluloses, açucares e lenhina e biocombustíveis obtidos por conversão (bio)(termo)química da biomassa e seus componentes.

A consultoria Tecnológica cobre as áreas de processo de produção de pasta e papel, ambiente e energia, tendo como objetivo encontrar soluções que otimizem as operações ou que permitam superar novos desafios industriais, económicos ou legislativos, servindo a The Navigator Company e o setor da pasta e papel.

Na área do ambiente, o desenvolvimento e avaliação de tecnologias de remoção ou redução de emissões tanto em efluentes líquidos e gasosos são áreas de particular relevo. O RAIZ é um parceiro do setor de pasta e papel Nacional e Europeu no desenvolvimento legislativo ambiental em requisitos como o BREF ou rotulagem ecológica.

Vigilância Tecnológica no RAIZ

A vigilância tecnológica desenvolvida no RAIZ está inserida numa rede de vigilância global dentro da The Navigator Company.

Esta área promove:

- O acompanhamento da evolução de tecnologias e de produtos base.

- A análise da emergência de novas tecnologias e de produtos com potencial inovador ou disruptivo e de novas oportunidades de negócio para a Companhia, a nível nacional e internacional.


A área de vigilância tecnológica do Raiz participa também ativamente na implementação da estratégia de Propriedade Industrial da The Navigator Company

Demonstração, Scale-Up e Novos Negócios

Os resultados da investigação desenvolvida no RAIZ são maioritariamente endogeneizados na atividade produtiva e nos produtos do core business da The Navigator Company: floresta, pasta e papel (impressão-escrita e tissue), energia.

No entanto, é crescente o potencial gerador de novos negócios, resultantes da atividade de I&D e inovação disruptiva do RAIZ, nomeadamente nas áreas emergentes da biorrefinaria, economia circular e novas aplicações da pasta e papel.

A atividade de “Demonstração, Scale-Up e Novos Negócios” do RAIZ insere-se numa rede mais abrangente da empresa, visando a deteção, demonstração (provas de conceito), scale-up e avaliação da viabilidade tecno-económica de novos processos e produtos gerados através de I&D e inovação disruptiva, com potencial para gerar novos negócios e start-ups.

 

 

Formação

O Raiz, em colaboração com a sua rede de parceiros académicos, promove, desenvolve e participa em atividades de formação especializada e avançada dirigida aos técnicos ou futuros quadros do setor da produção florestal e indústrias de pasta e papel, e sociedade civil em geral, privilegiando os seguintes instrumentos:

  • Formação dos colaboradores da The Navigator Company, integrada no “Navigator Learning Centre”;
  • Promoção e co-orientação de teses de mestrado e de doutoramento com os parceiros académicos;
  • Financiamento e acolhimento de bolsas de investigação;
  • Realização de seminários e cursos intensivos especializados;

  • Formações técnicas para responsáveis operacionais do setor da produção florestal, tendo em vista a transferência e utilização do conhecimento no terreno;
  • Participação em atividades e lecionação de unidades curriculares especializadas oferecidas pelos parceiros académicos;
  • Promoção de “Cátedras Convidados” com os parceiros académicos;
  • Produção e disseminação de conteúdos técnicos e científicos para o setor florestal e sociedade civil em geral.