Visite-nos

Percursos

Porque é que os eucaliptos se desenvolvem tão bem em Portugal? De onde vieram os eucaliptos e como chegaram à Europa? Qual é a planta mais alta do mundo? Qual a diferença entre uma planta indígena e uma exótica? Qual a diferença entre o bugalho e a bolota? De que forma os eucaliptais ajudam a proteger florestas naturais?

Estas são algumas das perguntas que vamos responder nos vários percursos botânicos da Quinta de S. Francisco. Atualmente, a Quinta de S. Francisco conta com cinco percursos botânicos definidos por diferentes graus de dificuldade, bem como um conjunto de estruturas de apoio (passadiços, sinalética direcional, identificativa e interpretativa) que facilitam a visita. Dispõe ainda de uma área de lazer, com mesas onde se pode fazer um piquenique.

Ao longo dos diferentes percursos o visitante será transportado para a flora de diferentes partes do mundo, com especial destaque para a flora australiana. Entre as várias espécies de ervas, arbustos e árvores, são os eucaliptos que se destacam pelo seu porte notável, sendo autênticos colossos vivos, que impressionam quem nos visita.

Entre as várias espécies de ervas, arbustos e árvores, são os eucaliptos que se destacam pelo seu porte notável, sendo autênticos colossos vivos, que impressionam quem nos visita.
  • 1
    Percurso 1: Jardins
  • 2
    Percurso 2: Bosque Caducifólio
  • 3
    Percurso 3: Entre Gigantes
  • 4
    Percurso 4: No coração da Quinta de S. Francisco
  • 5
    Percurso 5: Nos limites da Quinta de S. Francisco

1 - RAIZ - Instituto de Investigação da Floresta e Papel

2 - Metrosideros

3 - Casa JML

4 - Smithii

5 - Eucalyptus globulus

6 - Cupressus lusitanica

7 - Arboretum

8 - Bamboo

9 - Eucalyputs Obliqua

10 - Showcase Eucalyptus globulus

11 - Arboretum

12 - Passadiço junto da vala

13 - Fonte e Lago

14 - Parque de Merendas

15 - Sequoia

  • 1
    Percurso 1: Jardins
  • 2
    Percurso 2: Bosque Caducifólio
  • 3
    Percurso 3: Entre Gigantes
  • 4
    Percurso 4: No coração da Quinta de S. Francisco
  • 5
    Percurso 5: Nos limites da Quinta de S. Francisco
  • 01

    Jardins

    Pequeno percurso, que permite percorrer os jardins da Quinta de S. Francisco, que envolvem os edifícios e a antiga casa de Jaime de Magalhães Lima.
    Distância: 370 m | Tempo: 5-10 minutos
  • 02

    Bosque Caducifólio

    Percurso de pequena dimensão, mas muito variado que percorre o bosque caducifólio, o bosque ripícola, junto da vala e as manchas de bambu.
    Distância: 660 m | Tempo: 15-20 minutos
  • 03

    Entre Gigantes

    Percurso que dá a conhecer os exemplares notáveis de maior porte existentes na Quinta de S. Francisco.
    Distância: 910 m | Tempo: 20-30 minutos
  • 04

    No coração da Quinta de S. Francisco

    Percurso médio que passa pelo bosque caducifólio, bosque ripícola e arboreto de gimnospérmicas.
    Distância: 1,11 km | Tempo: 30-40 minutos
  • 05

    Nos limites da Quinta de S. Francisco

    Percurso de grande dimensão que circunda os limites da Quinta de S. Francisco, nele podem ser vistos os jardins, bem como o arboreto de eucaliptos que cresce nas encostas e no vale.
    Distância: 1,6 km | Tempo: 45-60 minutos

Visitas

Horário

A Quinta de S. Francisco encontra-se aberta ao público todos os dias úteis, exceto feriados: 9h00 - 18h00

Visitas guiadas
9h00 - 12h30 e 14h00 - 18h00

Inscrições para visitas

* Campos obrigatórios

Os dados recolhidos por este formulário servem exclusivamente para o tratamento do seu pedido de visita e não serão utilizados fora deste âmbito. Por favor, leia a Política de Privacidade para saber como protegemos e gerimos os dados recolhidos.
Mensagem enviada com sucesso

Explore a Quinta na nossa fotogaleria

Contactos:

Curador: João Ezequiel

Telefone: 234 920 130

Morada: RAIZ - Instituto de Investigação da Floresta e Papel, Quinta de S. Francisco, Rua José Estevão (EN 230-1), 3800-783 Eixo, Aveiro, Portugal

Email: visitas.raiz@thenavigatorcompany.com

Regulamento para visitantes

O presente regulamento tem como objetivos regular as condições de acesso, funcionamento e segurança de todos os que desejem visitar a Quinta de S. Francisco, bem como garantir a preservação do património existente na mesma.

1. Todos os visitantes devem efetuar um registo na receção da Quinta de S. Francisco ou online, na webpage do RAIZ.

2. Não é permitida a entrada de animais domésticos ou a circulação de veículos.

3. As visitas de grupos à Quinta de S. Francisco devem ser sempre marcadas antecipadamente, de modo a que possam ser acompanhadas por um elemento do RAIZ.

4. É proibida a utilização da Quinta de S. Francisco como local para fazer reuniões, piqueniques ou ainda tirar fotografias ou fazer filmagens com propósitos comerciais.

5. As visitas devem ser feitas com o menor ruído possível de forma a minimizar a perturbação da fauna existente.

6. Por motivos de segurança e de forma proteger o património natural existente, os visitantes não estão autorizados a sair dos percursos existentes, trepar às árvores, entrar nos lagos, valas ou tanques, pisar as plantas, fazer inscrições em árvores ou recolher amostras de qualquer tipo (ramos, flores, folhas e frutos).

7. É proibido danificar estruturas construídas ou a sinalética existente.

8. É proibido fumar ou foguear na Quinta de S. Francisco.

9. É proibido deitar lixo para o chão. O lixo deve ser guardado até ser colocado em local apropriado.

10. Durante os períodos em que existam operações de manutenção na Quinta de S. Francisco, as visitas encontram-se suspensas por razões de segurança.

11. Todas as visitas à Quinta de S. Francisco serão interditas sempre que as condições meteorológicas (chuva e/ou ventos ≥30 Km/h) não permitam a sua realização em segurança.

O RAIZ