28-10-2021 - Projetos

Arranca hoje a Floresta do Saber

Arranca hoje a Floresta do Saber
Arranca hoje a Floresta do Saber, “laboratório da floresta na floresta”, projeto que tem como objetivo educar, capacitar e sensibilizar os mais novos para assuntos relacionados com a Floresta, Sustentabilidade e, também, com a Bioeconomia Circular Florestal.

A iniciativa, com a duração de três anos, junta o conhecimento científico e tecnológico de ponta gerado pelo RAIZ à natureza, em particular, o património biodiverso da Quinta de S. Francisco. Aqui decorrerão várias das atividades do projeto, tal como no espaço laboratorial na Casa centenária Jaime Magalhães Lima (património histórico e cultural), onde decorrerão palestras e exposições, como a que hoje é inaugurada - “Visões da Floresta” - entre outros, conta com desenhos feitos por crianças dos agrupamentos de Escolas Paião, Figueira da Foz, de Rio Novo do Príncipe, Cacia, de Mira, Coimbra, e da Escola Primária de Mutacasse, distrito de Ile, da província da Zambézia (no âmbito de um programa de sensibilização ambiental realizada pela Portucel Moçambique em escolas primárias). O projeto prevê, ainda, atividades nos Viveiros Aliança, na Herdade de Espirra.

A Floresta do Saber está presente, também, no universo digital, com a plataforma My Forest Kids, onde encontramos jogos animados pelas mascotes (criadas pelos filhos e sobrinhos de trabalhadores da Companhia), conhecimento que remete para o património natural existente na Quinta de S. Francisco, para conceitos de Biorrefinaria e de Bioeconomia Circular. Estão disponíveis, ainda, recursos sobre diversas temáticas atuais e nacionais relacionadas com a Floresta e o Desenvolvimento Sustentável.

A inauguração da Floresta do Saber
Hoje o dia é especial porque é lançada a Floresta do Saber, onde estão presentes, entre outros, o Presidente do Conselho de Administração da The Navigator Company, João Castello Branco, Filipa Saldanha, representante da Fundação Calouste Gulbenkian e Anna-Paula Ormeche, da Comissão Nacional da UNESCO em Portugal, mas também porque as primeiras duas turmas dos embaixadores da Floresta do Saber estão na Quinta de São Francisco (cerca de 23 crianças) a usufruir das várias atividades disponíveis, esperando que as restantes turmas visitem os espaços nos próximos dias.

Os parceiros da Floresta do Saber também estão presentes na Quinta da São Francisco com atividades para as crianças: Viveiros Aliança, o Departamento de Geociências da Universidade de Aveiro (UA), a Fábrica de Ciência da UA e o Centro de Neurociências da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Atividades hands-on, com a base da ciência e muito lúdicas relacionadas com a Floresta: a plantação vegetativa, a alimentação no tempo dos dinossauros, a floresta e a neurociência, as atividades “há invertebrados à nossa volta – Biodiversidade da Floresta”.

“As atividades disponíveis na Floresta do Saber complementam os programas escolares sobre a temática da floresta, com pequena expressão nos manuais”, explica Carlos Pascoal Neto, diretor-geral do RAIZ e responsável pela área que tutela o projeto. “A Floresta do Saber pretende promover a percepção pública sobre a relevância da floresta e bioeconomia florestal, e assegurar que os interesses das gerações futuras são devidamente auscultados e integrados nos processos de decisão atuais, através de propostas inovadoras e sustentáveis”.

Recorde-se que a iniciativa está totalmente alinhada com os objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas, o que mereceu o recente reconhecimento pela Comissão Nacional da Unesco como Clube Unesco, contando com o apoio nossa Companhia e do Programa Gulbenkian Desenvolvimento Sustentável da Fundação Calouste Gulbenkian.


Se achou este artigo interessante, partilhe-o.